@2018 Karen Jonz - All copyrighted material. Powered by Lafico Media Group

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

 skate 

"Comecei andar de skate com 17 anos. 

Quando era criança vivia pedindo um skate para os meus pais que me davam outras coisas muito legais, como por exemplo uma prancha de surf, uma guitarra mas o skate não vinha nunca. 

Acho que eles tinham medo que eu me machucasse. Meus maiores ídolos eram O Menino Maluquinho (que tenho a coleção de gibis completa) e Bart Simpson. Os dois andavam de skate e eu queria ser como eles, então comecei a fazer bolo de banana para vender na escola e consegui juntar um dinheiro. 

Não conhecia ninguém que andava nessa época. Fui sozinha até uma skateshop e escolhi as peças para montar meu primeiro skate. Comecei andando em casa, no quintal me segurando nas paredes e depois de um tempinho coincidentemente abriu um skatepark a duas quadras de onde eu morava. Tinha um Half e uma mini rampa. Comecei a andar lá todos os dias. 

Eu ia de skate para todos os lugares, mesmo as calçadas sendo muito ruins. Na verdade eu gostava muito de andar na rua. 

Tempos depois, comecei a participar de campeonatos com os meninos e por muito tempo eu era a única menina entre eles. 

Em 2003 fui para Europa competir, e em 2004 fiz minha primeira participação nos X Games. 

Em 2005 fui campeã mundial e 2008 ouro nos X games, sendo a primeira brasileira a conquistar esse título. Em 2016 nasceu Sky, minha primeira filha e tive que me afastar por um tempo do Skate.

 

Em 2017 pude retornar as pistas, onde continuo até hoje."

KAREN JONZ